Polícia Federal cumpre mandados por fraudes na Casa da Moeda em Minas, Rio e SP

A PF acredita que tenha havido pagamento de vantagens indevidas a servidores públicos

Fraude em licitação é investigada pela Polícia Federal na Casa da Moeda, que fabrica dinheiroArquivo/Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Policiais federais e a Corregedoria-Geral do Ministério da Fazenda fazem nessa sexta-feira (23) uma operação para investigar fraude em licitação na Casa da Moeda do Brasil, no Rio de Janeiro.

A matéria continua após a publicidade

 

Estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão em Itajubá e Brazópolis, ambos em Minas Gerais, além do Rio de Janeiro, São Paulo e São José dos Campos (SP)

Segundo a Polícia Federal, há suspeita de que uma empresa privada tenha sido beneficiada por uma licitação destinada à aquisição de equipamentos utilizados na fabricação de dinheiro. Os equipamentos custaram à Casa da Moeda R$ 300 milhões.

A PF acredita que tenha havido pagamento de vantagens indevidas a servidores públicos para que a empresa tivesse sucesso na licitação, ocorrida em 2009.

Essa é a segunda fase da Operação Vícios, cuja primeira fase ocorreu em julho de 2015. Na ocasião, 23 mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Rio, São Paulo e Brasília, inclusive em dependências da Receita Federal e da Casa da Moeda.

Fonte Agência Brasil
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com