O dia Mundial de Combate à tuberculose é comemorado no dia 24 de março e para conscientizar a população sobre a doença, a Prefeitura de Belo Horizont promove uma semana de atividades nas regionais. A primeira ação começou a partir das 8 horas desta terça-feira (20), na região da comunidade Dandara, na região Norte de BH. Profissionais da saúde vão de casa em casa, em busca de pacientes que apresentem algum sintoma respiratório, compatível com a doença.

A matéria continua após a publicidade

A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa, causada pelo Mycobacterium tuberculosis (bacilo de Koch), transmitida de pessoa para pessoa pela tosse, espirro ou fala. A doença atinge principalmente os pulmões, mas pode ocorrer em qualquer outra parte do corpo.

Todos os 152 Centros de Saúde da capital realizam o diagnóstico, o tratamento, que é de graça e dura em média seis meses, e a vacinação dos recém-nascidos com a vacina BCG.

Em 2017, foram notificados 1.022 casos de tuberculose em BH. A capital atende também os casos em moradores de outras cidades, principalmente da Região Metropolitana de Belo Horizonte, que representam 25,6% dos casos notificados pelo município.

A taxa de cura, em 2016. foi de 69,1%, com 11,5% de abandono do tratamento. Entre as causas do abandono, que também ocorre em outros grandes centros urbanos, estão o tempo prolongado do tratamento, a característica crônica desta doença e o perfil de muitos pacientes (alcoolistas e usuários de outras drogas, pessoas em situação de rua e privados de liberdade. Os dados de 2017 ainda estão em fase de consolidação.

Para que haja controle da doença, é necessário que sejam detectados no mínimo 70% dos casos estimados de tuberculose pulmonar bacilífera (a forma transmissível da doença) e destes, pelo menos 85% sejam curados, com índices de abandono toleráveis de até 5%. Para que se atinja esta meta, o Ministério da Saúde propõe a utilização do Tratamento Diretamente Observado (TDO), que consiste no uso dos medicamentos sob a supervisão direta de um profissional de saúde devidamente treinado para tal. Esta estratégia é a empregada por Belo Horizonte.

Programação

Regional / Local

Data

Ação

Pampulha

Área de abrangência do

Centro de Saúde Trevo – Anexo / Dandara

20/03 – a partir das 8h

Busca ativa realizada por profissionais de saúde de pacientes sintomáticos respiratórios. O objetivo é identificar pacientes com tuberculose. Também serão distribuídos materiais informativos.

Oeste

Estação Metrô Calafate

22/03 – Das 7 às 9 horas

Distribuição de material informativo

Venda Nova

Estações Vilarinho e Venda Nova

Restaurante Popular Venda Nova

(Av. Padre Pedro Pinto, 2277 – Candelária)

23/03

Das 9 às 10 horas

Das 11h30 às 13 horas

Distribuição de material informativo

Norte

Abrigo São Paulo

(Rua Elétron, 100 – Primeiro de Maio)

23/03 – às

7h

Distribuição de material informativo na porta do abrigo

Nas demais regionais serão realizadas ações de panfletagem e abordagem aos usuários em Centros de Saúde e Academias da Cidade.